Lixo

Lixo domiciliar
Em Bauru, são produzidas 200 toneladas de lixo por dia, totalizando 72 mil toneladas de resíduos domésticos por ano.

Todo o lixo domiciliar de Bauru é depositado no Aterro Sanitário, que foi construído com capacidade inicial para 550 mil toneladas de lixo, o que deveria ser suficiente para 15 anos de uso e encontra-se no seu limite, já na quarta camada de lixo. O Aterro, projetado em 1992, está localizado na Rodovia Marechal Rondon, ficando a 15 Km do centro da cidade, na bacia do córrego da Guabiroba. Ocupa uma área de aproximadamente 27 hectares.

O terreno do aterro precisa de tratamento especial, que é feito através da terraplenagem, seguida da compactação e impermeabilização do solo. Na seqüência, são feitos drenos horizontais na base do aterro para a captação do "chorume" (líquido resultante da decomposição do lixo). Juntamente com o início da colocação do lixo, são executados os drenos verticais para a retirada dos gases.

A descarga do lixo só acontece após o preparo da base do aterro. Posteriormente ao lixo ser depositado, ele é distribuído, compactado e coberto com terra.

De acordo com o inventário estadual de resíduos domiciliares efetuado pela CETESB, o aterro de Bauru ocupa uma área de 268.985 m2 e ainda aparece em condições adequadas ao destino dado aos resíduos sólidos.
A quantidade e os tipos de resíduos recebidos no aterro estão ilustrados na tabela a seguir:



Clique para ver a tabela referente.



Resíduos Sólidos de Saúde (lixo hospitalar)
A Coleta Especial é executada por veículos adaptados que recolhem RSS (Resíduos de Serviços de Saúde), produzidos em hospitais, prontos-socorros, clínicas médicas, odontológicas e veterinárias, laboratórios, motéis, farmácias, bancos de sangue, denominado lixo hospitalar. O lixo é acondicionado em embalagens padronizadas, seguindo as normas da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) e coletado de acordo com agendamento.

Após a coleta, o lixo é levado até o aterro sanitário e depositado em valas sépticas impermeabilizadas com asfalto. No final do dia o lixo é coberto com cal virgem e terra. Por dia são depositados cerca de 1.800 kg de Resíduos Sólidos de Saúde nas valas sépticas do Aterro Municipal, um montante de mais de 300 toneladas por ano.

Coleta Seletiva
A Secretaria Municipal de Meio Ambiente é a responsável pela coleta seletiva, atendendo 70% do município no sistema casa a casa, uma vez por semana em cada bairro. Para saber o dia em que o caminhão passa em seu bairro entre em contato com a Semma (14) 3235-1105.

O serviço é uma parceria da Secretaria de Meio Ambiente, Secretaria do Bem Estar Social e da Cooperativa dos Trabalhadores em Materiais Recicláveis. A Secretaria fornece 3 caminhões, cerca de 15 homens e o combustível para a coleta, a Sebes atua com as assistentes sociais e apoio aos cooperados. O local onde a Central de Triagem está localizada pertence à prefeitura, que cedeu o espaço para o funcionamento da antes Associação e hoje cooperativa, que trabalha com cerca de 30 associados.

O lixo recolhido pela coleta é encaminhado para a Central de Triagem, onde os associados separam o material reciclável manualmente de acordo com categorias como papel, papelão, plástico, vidro, alumínio e rejeitos. O material é pesado e vendido separadamente.

Em média, 3 mil quilos de lixo reciclável são encaminhados para a Central de Triagem por dia.

A pesagem é feita individualmente, ou seja, cada associado deve separar e pesar uma cota mínima por mês ( 1.500 kg ). Diariamente, cada associado separa os materiais, pesando os mesmos individualmente. No final do mês, o valor de cada material vendido é dividido entre eles, de acordo com a quantidade separada e pesada por cada um.


Resíduos Industriais
Ainda existem poucas informações sobre este tipo de resíduo, uma vez que eles são de responsabilidade da própria empresa, que deve dar destinação adequada ao lixo.


Resíduos Sólidos de Construção Civil
Estima-se que Bauru produza em torno de 600 toneladas de resíduos provenientes da construção civil, principalmente de reformas, demolições e de construções novas.

Bauru chegou a ter no passado mais de 100 áreas destinadas para estes resíduos. Em 1994, o município de Bauru regularizou um manual listando áreas que poderiam ser utilizadas para a deposição de entulhos, lista esta publicada abaixo. Algumas destas áreas recebem entulhos até hoje e a maioria está situada em áreas públicas destinadas para praças e demais áreas verdes.

Clique para ver a tabela referente.  

Atualmente, a responsabilidade pelo local de deposição de entulhos é da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, que tem escolhido erosões para esta finalidade, como foi o caso da erosão da Pousada da Esperança, aterrada com entulhos.

AV CRUZEIRO DO SUL, 26-40
JD CAROLINA - BAURU
17032-000
14 3281-2633(Vidágua)
Email: contatovidagua@gmail.com