Array ( [0] => 00000 [1] => [2] => ) Vidágua

Desenhando a Lei

Lápis, papel e meio ambiente: projeto “Desenhando a Lei” leva biologia e legislação ambiental para as crianças



Depois de ganhar um caderno de desenho e lápis de cor, a menina Alice decide registrar suas impressões sobre o meio ambiente de sua cidade em forma de desenhos. De onde vêm as plantas, o que precisam para crescer e sobreviver e qual é a importância do ciclo da água são algumas das dúvidas de Alice, personagem fictícia do projeto “Desenhando a Lei”, que são respondidas pelas crianças do 4º ano do Ensino Fundamental de Bauru durante os encontros.

Conscientização em desenhos

A ideia do “Desenhando a Lei” surgiu a partir da Comissão de Meio Ambiente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) Bauru em 2002, durante a III Semana Integrada do Meio Ambiente de Bauru (SIMAB) e ganhou corpo no ano seguinte. O objetivo do projeto é entrar em contato com as futuras gerações e despertar a cidadania nas crianças tratando de temas como meio ambiente, cidadania e responsabilidade ambiental.

Em 2008, o Instituto Ambiental Vidágua começou a fazer parte do projeto. Em parceria com a OAB e a Secretaria Municipal de Educação, o Vidágua tem levado Alice e seus desenhos para escolas para promover a conscientização. "O 'Desenhando a Lei' visa também a integração das crianças ao meio ambiente em que vivem, na esperança de criar propagadores que disseminarão a mensagem junto a seus pais, vizinhos e professores”, explica a advogada Mayra Fernandes, que junto com a bióloga do Vidágua Tamara Quinteiro, visita a Escola Municipal Lourdes de Oliveira Colnagui, no bairro Jardim Orquídeas, desde março.

A escolha da escola que vai receber o projeto leva em conta o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB): onde o Índice é menor, menores são os recursos e o acesso à informação ambiental.

Escolas

Antes de entrarem em contato com as crianças, Tamara e Mayra conversaram primeiro com os professores. “Notando a importância da participação dos professores, da influência que os mesmos tem sobre seus alunos, desenvolvemos este ano algumas atividades que requerem dos mesmos uma participação mais intensa no projeto”, diz Mayra.

Os encontros com as crianças acontecem na própria escola, e no final de cada dia as crianças recebem “tarefas” para realizarem com o professor e entregarem no próximo encontro. Nos encontros mensais do projeto, as crianças conhecem a história de Alice por meio de palestras, oficinas e brincadeiras, e são orientados a desenhar os assuntos discutidos.

No final dos 10 encontros que aconteram durante o ano, alguns desenhos foram selecionados para a confecção de uma cartilha digital, entregue no encerramento do projeto. “A elaboração de uma cartilha digital com os desenhos e a entrega de certificado de participação no encontro de encerramento valorizam o entendimento sobre o projeto e o quanto [as crianças] são importantes para que isso ocorra”, afirma Tamara.

Confira as fotos do encerramento do projeto na OAB (30 de outubro de 2012) na Galeria de imagens

AV CRUZEIRO DO SUL, 26-40
JD CAROLINA - BAURU
17032-000
14 3281-2633(Vidágua)
Email: contatovidagua@gmail.com